A Casa da Palavra

É com satisfação que apresentamos para você “A Casa da Palavra”. Esta, que, embora esteja na forma de um site, é muito mais que isso. Ela é o resultado do esforço de transformar o projeto de trabalharmos juntos em realidade, ainda que na modalidade virtual.

 

Nas linhas que seguem, primeiro contaremos um pouco dessa história; depois, vamos expor sobre o nosso método de trabalho e na terceira e última parte, discorreremos sobre como nos propomos a trabalhar para e com você.

Desde quando éramos apenas colegas de turma, do curso de Psicologia da UFSC, planejávamos trabalhar juntos após formados.

Porém, questões pessoais de toda ordem, nos separaram e este desejo se realizou parcialmente, através dos grupos de estudos e de “intervisão”. Estávamos nos conformando com esta sorte, quando a contingência imposta pela pandemia de Covid-19, a saber, a necessidade de ofertarmos consultas na modalidade online, propiciou que retomássemos nosso projeto que surge e parte de bons afetos e encontros.

Originalmente, somávamos três, os quais foram convidando mais colegas para embarcarem nesta jornada. Hoje formamos um grupo de sete profissionais da psicologia que se uniram para dar vida a esse lugar, que viabiliza a realização de um trabalho conjunto, ético e com responsabilidade social.

A Casa da Palavra se diferencia das demais plataformas virtuais de psicologia, porque nos voltamos ao acolhimento de pessoas em sofrimento psíquico de uma maneira que vai além da escuta clínica solitária. Estamos comprometidos em apoiarmos uns aos outros, dando continuidade à formação profissional ao aprofundarmos nossos estudos teóricos da psicanálise juntos; ao constituirmos um grupo de “intervisão”; ao submetermo-nos à supervisão técnica e à própria análise.

Nesse contexto, a nossa principal referência é o método psicanalítico, por meio do qual nos aproximamos da cura da dor e do sofrimento psíquico através da fala. Nesse sentido, colocar as palavras onde e naquilo que dói faz-se necessário para, como nos diz Freud (1905), compreendermos qual a nossa responsabilidade na desordem da qual nos queixamos. Ao adotarmos a técnica da associação livre, pretendemos possibilitar que os registros dos fatos inconscientes venham à tona através das palavras e dos afetos.

Para tanto, é muito importante ter um espaço onde o paciente se sinta seguro, para que as coisas mais estranhas que nos habitam possam sentir-se em casa.

Enfim, A Casa da Palavra é uma clínica virtual de Psicologia que parte do princípio de que é legítimo o acolhimento do paciente em crise e de todos os seus sofrimentos e desejos, através da escuta do seu drama pessoal, tomando o cuidado de considerar caso a caso, o desejo do paciente de iniciar seu tratamento, inclusive no que diz respeito a honorários e formas de pagamento.

Nossa intenção é a de criar um ambiente adequado, em que o paciente se sinta encorajado a apresentar as suas queixas e identificar as suas demandas singulares perante um profissional e assim, facilitar o encontro terapêutico, para que juntos busquem conhecer as particularidades da vida psíquica do paciente.

Com a intenção de se alcançar os objetivos expostos, diante da atual conjuntura de pandemia e levando em consideração a preservação e o cuidado para com a vida, nossa ideia é, a princípio, oferecer acesso a tal espaço através do atendimento psicológico na modalidade online. Além disso, nossa ideia é também, através do nosso blog, trazer discussões e reflexões acerca de temas variados, criando um espaço de diálogo nessa empreitada.

 

Sinta-se em Casa.